posts recentes



Sintam-se felizes!


        Quando nos vemos como filhos de Deus, e sentimos todo Seu amor, nós temos nossa vida transformada. E não importa o que as pessoas nos façam, tentem dizer ou provar: a gente simplesmente ganha uma nova identidade, a identidade de filho encontrado de Deus. E isso se reflete diretamente no nosso humor e no nosso estado de espírito.
"Queridos irmãos, a vida de vocês está cheia de dificuldades e de tentações? Então, sintam-se felizes." Tiago 1:2
        Às vezes parece que tudo vai contra a gente, e as coisas começam a ficar difíceis, mas isso não é motivo para recuarmos, e muito menos perdermos a fé e a alegria, porque quem segue a Jesus, vai ser odiado pelo mundo, e  Deus nunca nos disse que seria fácil, mas você pode com toda a certeza do mundo, guardar no coração que vale a pena. Vale muito a pena!
        Tem muito ser humano por aí, que acha que quando começa a frequentar uma Igreja, tudo passa automaticamente a dar certo, e acontecer sem que precise muito esforço, mas isso é um grande engano. Deus nos dá tudo o que precisamos, o que às vezes nem sabemos que precisamos, e nunca descuida de nós. Sim, nosso Paizinho fica sempre de olho, para que fiquemos bem, mas isso não significa que Ele vai fazer tudo por nós. Ele nos encheu de dons, de capacidades e nós precisamos usar isso em nosso auxílio. Deus cuida sim do impossível, mas atenção! Não esqueça que Ele nos capacita para cuidarmos do possível. Isso quer dizer que Deus pode te colocar várias ferramentas nas mãos, mas se você não reconhecê-las e fizer sua parte, a graça pode passar por você!
        Então, é preciso sempre se relembrar de que enfrentaremos dificuldades e tentações, mas que isso não deve servir para a tristeza. Devemos ver como algo positivo, porque significa que estamos fugindo cada vez mais da nossa humanidade e nos aproximando do perfil que Jesus nos traz, cheio de amor, compaixão e desprendimento dos pecados. Temos que vigiar, e nos alegrar porque quanto mais somos de Deus, mais o Inimigo vai tentar nos afastar dessa intimidade, desse amor! Nossa relação com Deus estremece o inferno e irrita profundamente os filhos das trevas, e por isso essas dificuldades devem servir como oportunidades de amadurecermos no amor de Cristo, de nos fortalecermos.

Viajantes


        Recentemente, me deparei com uma frase que embora pareça simples, traz um poço de complexidade por trás dessa carcaça. "Ser cristão é muito além de ir em todos os cultos."
        Creio que este assunto não precise de nenhuma enrolação, não precise de várias linhas, nem de desenhos para ser entendido. Ele significa, falando de maneira crua, que participar de todos os eventos da igreja e seguir todos os "protocolos" da mesma, não fazem um bom cristão. Não vá entender mal, nós temos a Bíblia, que conta toda a verdade e aponta os caminhos que Deus traçou para nós, os caminhos que nos levam até a vida eterna; porém, ter todos eles na ponta da língua, estampado em um adesivo que ocupa o vidro traseiro do seu carro, ou ir em tudo o que a igreja promove, não te faz um cristão completo e verdadeiro. 
        O que significa para você ser um bom cristão? Você consegue compreender de verdade que ser um bom cristão está intimamente ligado ao seu coração? Apenas conhecer as coisas não é suficiente para que você seja transformado, é preciso que o seu coração esteja conectado ao coração de Deus. Com certeza o nosso Pai reconhece todas as horas que você ficou preparando aquela comidinha gostosa para ajudar em um evento da sua igreja, assim como também valoriza muito seu hábito de ler a Bíblia diariamente e frequentar os cultos, mas você faz tudo isso vivendo o evangelho, ou você faz como algo mecânico, que passa externamente por você, mas não faz nem cócegas no seu coração?
        É preciso ter em mente que tudo o que fazemos para Deus, mesmo que de forma mecânica, ajuda sim, no nosso crescimento e na nossa batalha, até porque às vezes não é fácil conviver com as dores do nosso coração, e acaba sendo uma saída quando já não temos mais o que dar, mas não podemos ficar de braços cruzados e nos conformarmos com isso. É preciso cultivar um amor verdadeiro, um sentimento verdadeiro pelas coisas de Deus. O evangelho está na Bíblia para ser vivido, e não só para ser decorado ou virar estampa de camiseta. Então, vamos sair do modo automático? Não apenas falar coisas bonitas ou pregar o amor de Deus, mas contar todas as belas histórias de amor Dele para conosco, com a convicção de quem vive tudo isso. Vamos parar e repensar nossos hábitos? Reconhecer que essa viagem aqui pela Terra tem que ser mais produtiva do que está sendo? Que essa caminhada não tem valor nem sentido se não estivermos com nosso coração em Deus? Peçamos ajuda ao nosso Senhor para continuarmos firmes e fortes nas nossas batalhas diárias, sem desanimarmos e sem perdermos a fé! Que Ele nos ajude sempre!

Onde você se encontra?


        Você nasceu único. Você nasceu especial e com uma medida certa de cada qualidade e cada defeito, que te fazem ser aquilo que você é, ser aquilo que ninguém mais pode ser. Mas quem de verdade é você?
       Você possui uma identidade, um corpo, uma marca. Você possui características, mas você as assume? Ou você toma a posição de um camaleão e vai mudando conforme as pessoas à sua volta te sugerem?
" Mas vocês são a raça escolhida, os sacerdotes do Rei, a nação completamente dedicada a Deus, o povo que pertence a ele." 1Pedro 2:9
        Nós recebemos a definição de quem somos do céu, do nosso Pai, e pertencemos à Ele. Por isso, se estamos fugindo da semelhança Dele, é porque estamos nos deixando levar pelas coisas do mundo que nos encantam, nos seduzem. De vez em quando é muito bom pararmos e olharmos a fundo aquilo que estamos reproduzindo mundo a fora, aquilo que estamos sendo e quem fomos. Ver se estamos sendo capazes de nos tornar pessoas melhores, ou se estamos ficando piores.   
Hoje você é capaz de liberar perdão mais facilmente? Você sorri quando te ferem, ou você atira pedras, se fecha, se esconde e enche seu coração de raiva? Você é capaz de enxergar bênçãos e graças que são dadas a você todos os dias, mesmo diante das circunstâncias difíceis da vida, ou você fica amargo e bravo quando as coisas não dão certo? Quem você está sendo hoje? Que personalidade está assumindo? Você é quem Deus disse que você é, ou você é quem você pensa que é?
        É muito importante sabermos pedir que Deus nos revele a nossa personalidade, nossa identidade cristã, porque nós também ficamos cegos com as características que o mundo pode nos oferecer. São tantas opções que recebemos, tantos perfis prontos que são mostrados como os perfeitos e aceitos pela sociedade, que às vezes pode ficar difícil distinguir o que é bom e o que convém. Precisamos ficar atentos às armadilhas que nos são oferecidas diariamente, e enriquecer nossa alma com a presença de Deus, com a Palavra Dele, com atividades que nos levem a refletir sobre o amor que transborda em nossa vida a todo momento, sobre a vida que jorra Dele, e que nos afoga em graça. Precisamos estar exatamente no ponto em que Deus se encontra, sermos nós, quem somos, não quem quiseram que nós fôssemos. Somos Dele, estamos aqui por e para Ele! Não desviemos do foco jamais!