In cristão Deus evangélico gospel post evangélico

Viajantes


         Recentemente, me deparei com uma frase que embora pareça simples, traz um poço de complexidade por trás dessa carcaça. "Ser cristão é muito além de ir em todos os cultos."
        Creio que este assunto não precise de nenhuma enrolação, não precise de várias linhas, nem de desenhos para ser entendido. Ele significa, falando de maneira crua, que participar de todos os eventos da igreja e seguir todos os "protocolos" da mesma, não fazem um bom cristão. Não vá entender mal, nós temos a Bíblia, que conta toda a verdade e aponta os caminhos que Deus traçou para nós, os caminhos que nos levam até a vida eterna; porém, ter todos eles na ponta da língua, estampado em um adesivo que ocupa o vidro traseiro do seu carro, ou ir em tudo o que a igreja promove, não te faz um cristão completo e verdadeiro. 
        O que significa para você ser um bom cristão? Você consegue compreender de verdade que ser um bom cristão está intimamente ligado ao seu coração? Apenas conhecer as coisas não é suficiente para que você seja transformado, é preciso que o seu coração esteja conectado ao coração de Deus. Com certeza o nosso Pai reconhece todas as horas que você ficou preparando aquela comidinha gostosa para ajudar em um evento da sua igreja, assim como também valoriza muito seu hábito de ler a Bíblia diariamente e frequentar os cultos, mas você faz tudo isso vivendo o evangelho, ou você faz como algo mecânico, que passa externamente por você, mas não faz nem cócegas no seu coração?
        É preciso ter em mente que tudo o que fazemos para Deus, mesmo que de forma mecânica, ajuda sim, no nosso crescimento e na nossa batalha, até porque às vezes não é fácil conviver com as dores do nosso coração, e acaba sendo uma saída quando já não temos mais o que dar, mas não podemos ficar de braços cruzados e nos conformarmos com isso. É preciso cultivar um amor verdadeiro, um sentimento verdadeiro pelas coisas de Deus. O evangelho está na Bíblia para ser vivido, e não só para ser decorado ou virar estampa de camiseta. Então, vamos sair do modo automático? Não apenas falar coisas bonitas ou pregar o amor de Deus, mas contar todas as belas histórias de amor Dele para conosco, com a convicção de quem vive tudo isso. Vamos parar e repensar nossos hábitos? Reconhecer que essa viagem aqui pela Terra tem que ser mais produtiva do que está sendo? Que essa caminhada não tem valor nem sentido se não estivermos com nosso coração em Deus? Peçamos ajuda ao nosso Senhor para continuarmos firmes e fortes nas nossas batalhas diárias, sem desanimarmos e sem perdermos a fé! Que Ele nos ajude sempre!

Você poderá gostar de:

2 COMENTÁRIOS:

  1. Adoreiii seu blog, e adorei o post, to precisando de mais tempo para me dedicar a esse tipo de postagem no blog, a faculdade come um bom tempo do meu dia.
    https://velhosoutonos1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico contente, flor! É sempre bom fazer esse tipo de post, porque é um aprendizado, uma nova experiência, e uma análise profunda sobre quem somos, a quem pertencemos e sobre sermos quem somos para quem pertencemos ^^
      Beijos!

      Excluir